Você já deve ter ouvido falar em economia doméstica. O objetivo dela é transformar a rotina doméstica para que poupar se torne um hábito de família, evitando o desperdício e incentivando o consumo sustentável!

Um dos principais pontos é poupar dinheiro para futuras eventualidades, como o desemprego e problemas de saúde, evitando dívidas e dores de cabeça caso algo inesperado aconteça. Apesar de ser simples e eficaz, uma pesquisa da ANBIMA revelou que mais de 52% da população não economiza e não possui reserva de emergência.

Além de contribuir com os imprevistos, é uma forma de viabilizar grandes compras e investimentos como casa, carro, apartamento, estudo dos filhos ou aposentadoria.

Se você deseja iniciar a economia doméstica, siga essas 5 dicas essenciais para dar o primeiro passo:

1 – Se organize
Essa é a parte principal para iniciar a sua economia. Faça um levantamento de todas as entradas e saídas do orçamento familiar. A organização é aliada do autoconhecimento financeiro.

2 – Corte gastos
Coloque no papel todos os gastos mensais e classifique-os por importância. Assim, é possível identificar aqueles que talvez não sejam tão necessários para o dia a dia.

3 – Pague todas as dívidas
Não é possível economizar dinheiro se você está com dívidas, pois tudo aquilo que conseguir juntar, no final, irá quitar o que você está devendo. Identifique todos os pagamentos que estão em atraso e elimine um por um.

4 – Crie uma reserva financeira
Todas as famílias precisam ter uma reserva financeira de emergência. Nunca se sabe o dia de amanhã e imprevistos com saúde, emprego e até catástrofes naturais podem acontecer. É sempre necessário separar um valor por mês para o inesperado.

5 – Faça da pesquisa a sua amiga
Essa é a base da economia doméstica! Antes de comprar qualquer coisa, seja no supermercado, farmácia ou produtos mais caros como computadores, televisão e eletrodomésticos, a pesquisa é essencial. Você pode contar com ajuda de aplicativos que facilitam essa tarefa.

Gostou das dicas? Que tal iniciar a sua economia doméstica hoje mesmo? Você pode contar com a ajuda da Contabilidade Souza!